quarta-feira, 29 de abril de 2009

Pequenos retalhos

Como gosto muito de trabalhos manuais, acabei trazendo de Caxias do Sul, na mudança que fizemos no início do ano, alguns de meus instrumentos "indispensáveis". Se pudesse, obviamente, traria todos, mas como não deu, trouxe os essenciais dos essenciais. Como nos finais de semana e depois do expediente acaba sobrando um tempinho, resolvi investigar entre meus mimos trazidos, o que poderia fazer de novo. Trouxe (com certeza) minha tesourinha dourada, presente (muito especial) da Tia Zeli, meu agulheiro bordado com anjinho (que minha mãe até hoje briga comigo por espetar o pobre do anjo), meu porta-tesouras, todo costurado a mão com retalhos de um vestido, minha tesoura grande (nova) e alguns pequenos pedaços de tecido, retalhos de uma bolsa que fiz pouco antes de vir para Belo Horizonte. Veio minha caixinha de fitas, com algumas lantejolas, paetês e linhas. As linhas de bordados ficaram por lá, assim como as revistas e tecidos que tinha guardados (buá!!!)... Certamente minha mãe guardou! Como a máquina de costura que usava era de Tia Zeli, acabou ficando em Caxias também, logo meus trabalhos manuais passaram a contar exclusivamente com meus alinhavos e chuleios feitos a mão. Isso não me incomoda, pelo contrário, adoro costurar a mão, só que os resultados são mais demorados. Enfim... Após juntar pedacinhos de tecido, pedacinhos de fita e miçanguinhas, fiz uma carteira muito especial.

A flor de tecido, que deu um charme ao fechar a carteira, aprendi a fazer pelo tutorial da Superziper (blog que eu amo!!!). Pedacinhos de tecido que, com muito carinho e criatividade, se transformaram numa peça querida.
Para enfeitar externamente, fiz alinhavos com miçangas e lantejolas, que deu um charme e um brilho muito diferente à peça.

Fiz bolsos internos, local para colocar o talão de cheques e cartões.
Para dar um acabamento diferente, fiz bordadinhos de miçangas em volta dos bolsos internos e trabalho em mini-fita para segurar o talão.
Para finalizar, fiz um pesponto em volta da carteira para assentar as costuras. Adorei o resultado e minha amigas, a quem mostrei, também gostaram. Com carinho e dedicação o resultado sempre vale a pena.

2 comentários:

Karina disse...

Lindo seu Blog, deu até vontade de ter um...é tão bom dividir, agente dividi um pouco e recebe o dobro. Beijos

Dario Amorim disse...

Eu te amo, minha Felicidade.
Seu trabalho mostra o quanto você é especial.
Tem um coração do tamanho do universo e, é claro, sou feliz por estar dentro dele.
Obrigado por lutar, nesta vida, junto comigo.

Teu Dario